Forum Cidade

Forum Cidade

Partido Socialista
António Costa

Definição e Objectivos
Empenhada na promoção da participação dos seus militantes e dos cidadãos em geral na vida e no futuro da cidade de Lisboa, a Comissão Política Concelhia de Lisboa (CPCL) do Partido Socialista decidiu criar e institucionalizar de forma permanente um espaço de debate político e social: o Forum Cidade. Contribuir para a construção, em termos programáticos, de uma alternativa de governo para a cidade de Lisboa e alargar a base de participação dos cidadãos na reflexão sobre a gestão da cidade, propondo iniciativas a desenvolver pelos autarcas socialistas numa lógica territorial adequada ao tecido social e urbano em análise são os dois grandes objectivos que o Forum Cidade se propõe prosseguir. O Forum Cidade será uma estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa, que deverá envolver militantes do PS e cidadãos independentes no compromisso de reflectir conjuntamente sobre as potencialidades e os problemas de Lisboa, tendo em vista a procura e a formulação de propostas que visem o desenvolvimento sustentável da cidade, a busca de soluções para questões inadiáveis ou até a tomada de posição em matérias que considere relevantes.
Forum Conclusões Conclusões dos grupos de trabalho do Forum Cidade apresentadas em Lisboa no dia 2005/05/03:
(documentos em pdf)

Conclusões (694 KB)
Qualidade Vida/Ambiente (296 KB)
Escola e Comunidade (177 KB)
Política Urbana (234 KB)
Desporto (241 KB)
Espaço Público (152 KB)
Segurança Rodoviária (258 KB)
Modelo Económico (480 KB)

Forum Conclusões
Digite o seu eMail para ser notificado de novos conteúdos no Forum Cidade!

powered by Bloglet


Arquivos

Julho 2003

Setembro 2003

Outubro 2003

Novembro 2003

Dezembro 2003

Janeiro 2004

Fevereiro 2004

Março 2004

Abril 2004

Maio 2004

Junho 2004

Julho 2004

Agosto 2004

Setembro 2004

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Março 2007

Abril 2007

Maio 2008

Junho 2008



Correio para:
forumcidade2@gmail.com





Outros WebSites

Partido Socialista

Comissão Política Concelhia de Lisboa


Grupo Parlamentar PS



Outros Blog's do PS

Outros Blog's sobre Lisboa
Diários de Lisboa
Imagens da Cidade
Jornal da Praceta
Lisboa abandonada
Lisboa a arder
Pelourinho da Lisboa
Viver Bem na Alta de Lisboa
Vizinhos

Outros Blog's
Abrangente
Adufe
Almocreve das Petas
Ânimo
Assembleia
Bioterra
Blogo Social Português
Blog sem nome
Bloguítica
O Carimbo
Causa Nossa
O Cheiro a torradas pela Manhã
Descrédito
Estrago da Nação
Forum Comunitário
Fumaças
Gang
Janela para o Rio
Jaquinzinhos
O Jumento
Mar Salgado
Minisciente
O País Relativo
A Pantera Cor de Rosa
Pessoal in Transmissível
À Procura da Cleópatra
República Digital
Respirar o Mesmo Ar
Ser Português (Ter que)
TM&RP
A Toca do Gato
Victum Sustinere
Viva Espanha


PTbloggers

Technorati


Tugir em português


Partido Socialista
Comissão Política
Concelhia de Lisboa



Cartazes 2004/5 Gente que Faz
2003




Forum Cidade
Estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa
segunda-feira, outubro 27, 2003
 
Lisboa-Eléctricos

A nossa cidade

A nossa cidade dispõe de um significativo potencial e mantém grandes factores de atracção - população diversificada e qualificada, grupos económicos de dimensão variada, recursos técnicos e humanos, infraestruturas, grande representatividade política e financeira.
Ela tem, pois, capacidade para promover e dinamizar o progresso e a modernização não só da área metropolitana de Lisboa mas de todo o território nacional.
De facto, é uma cidade com uma forte relação de interdependência não só com as zonas vizinhas mas também com o restante território, relação concretizada em elevados fluxos pendulares de pessoas, bens e informação, que resultam de desajustamentos espaciais levando a sucessivas centrifugações de camadas populacionais cada vez mais distantes.
A função de capitalidade que Lisboa possui, constitui um factor de competitividade a nível nacional e internacional que tem de ser aprofundado.
Lisboa tem de apostar em novas valências, nomeadamente nas políticas sociais, desportivas e culturais, em particular nos bairros mais desfavorecidos.
Ela tem de se assumir como uma “cidade providência” ligada à ideia de cidadania e democracia e na primeira linha de combate às novas exclusões.
A nossa cidade é um receptor natural da população rural, de comunidades imigrantes dos PALOP’s e, mais recentemente, dos países de Leste.
A cidade pode dar uma grande contribuição ao reforço da solidariedade entre os povos, desenvolvendo relações multilaterais e multisectoriais com áreas urbanas de povos irmãos.
Mas é uma cidade que tem as suas contradições – dinamismo do centro e solidão das periferias, riqueza e níveis de pobreza ultrajantes, actividades inovadoras e marginalidades, etc.
É uma cidade que tem vindo a ser “embrulhada” na expressão feliz de Helena Roseta. Embrulhada nas promessas não cumpridas de Santana Lopes, mergulhada em decisões que marcarão negativamente o território e o tecido social, embrulhada na propaganda que desceu sobre a cidade sob a forma de enormes cartazes publicitando o óbvio.
OBRA POUCA, PROPAGANDA LOUCA – este é o resumo deste tempo de desgoverno do PSD.
Esta cidade merece um governo local que, em sintonia com a AML, compatibilize um equilibrado desenvolvimento económico e tecnológico com uma correcta defesa do património e melhoria ambiental.
Merece que se abra espaço de afirmação para as novas gerações e que se apoie os melhores criadores e as suas iniciativas.
Merece ser um espaço de afirmação de realidades pluridimensionais, porque mais importante que os edifícios e as infraestruturas são as pessoas.
A nossa cidade merece ser aquilo que ela é – simultaneamente uma cidade renascentista, veneziana, multicultural e mestiça.
Encruzilhada de culturas, de proveniências, de gente que faz e ama a sua cidade, esta é a cidade de cada um de nós e dos “outros”.
Dos outros que deixaram ou vão deixando marcas – marcas mediterrânicas, árabes, romanas, atlânticas, asiáticas, brasileiras, africanas.
Somos orgulhosamente herdeiros de tudo isso.
A nossa cidade pode e deve ser uma placa giratória de afectos e de diálogo.
Diálogo que queremos e esperamos se cumpra no FORUM CIDADE, iniciativa que se saúda vivamente.
Celeste Correia
10/27/2003 12:30:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



This page is powered by Blogger. Some Text