Forum Cidade

Forum Cidade

Partido Socialista
António Costa

Definição e Objectivos
Empenhada na promoção da participação dos seus militantes e dos cidadãos em geral na vida e no futuro da cidade de Lisboa, a Comissão Política Concelhia de Lisboa (CPCL) do Partido Socialista decidiu criar e institucionalizar de forma permanente um espaço de debate político e social: o Forum Cidade. Contribuir para a construção, em termos programáticos, de uma alternativa de governo para a cidade de Lisboa e alargar a base de participação dos cidadãos na reflexão sobre a gestão da cidade, propondo iniciativas a desenvolver pelos autarcas socialistas numa lógica territorial adequada ao tecido social e urbano em análise são os dois grandes objectivos que o Forum Cidade se propõe prosseguir. O Forum Cidade será uma estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa, que deverá envolver militantes do PS e cidadãos independentes no compromisso de reflectir conjuntamente sobre as potencialidades e os problemas de Lisboa, tendo em vista a procura e a formulação de propostas que visem o desenvolvimento sustentável da cidade, a busca de soluções para questões inadiáveis ou até a tomada de posição em matérias que considere relevantes.
Forum Conclusões Conclusões dos grupos de trabalho do Forum Cidade apresentadas em Lisboa no dia 2005/05/03:
(documentos em pdf)

Conclusões (694 KB)
Qualidade Vida/Ambiente (296 KB)
Escola e Comunidade (177 KB)
Política Urbana (234 KB)
Desporto (241 KB)
Espaço Público (152 KB)
Segurança Rodoviária (258 KB)
Modelo Económico (480 KB)

Forum Conclusões
Digite o seu eMail para ser notificado de novos conteúdos no Forum Cidade!

powered by Bloglet


Arquivos

Julho 2003

Setembro 2003

Outubro 2003

Novembro 2003

Dezembro 2003

Janeiro 2004

Fevereiro 2004

Março 2004

Abril 2004

Maio 2004

Junho 2004

Julho 2004

Agosto 2004

Setembro 2004

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Março 2007

Abril 2007

Maio 2008

Junho 2008



Correio para:
forumcidade2@gmail.com





Outros WebSites

Partido Socialista

Comissão Política Concelhia de Lisboa


Grupo Parlamentar PS



Outros Blog's do PS

Outros Blog's sobre Lisboa
Diários de Lisboa
Imagens da Cidade
Jornal da Praceta
Lisboa abandonada
Lisboa a arder
Pelourinho da Lisboa
Viver Bem na Alta de Lisboa
Vizinhos

Outros Blog's
Abrangente
Adufe
Almocreve das Petas
Ânimo
Assembleia
Bioterra
Blogo Social Português
Blog sem nome
Bloguítica
O Carimbo
Causa Nossa
O Cheiro a torradas pela Manhã
Descrédito
Estrago da Nação
Forum Comunitário
Fumaças
Gang
Janela para o Rio
Jaquinzinhos
O Jumento
Mar Salgado
Minisciente
O País Relativo
A Pantera Cor de Rosa
Pessoal in Transmissível
À Procura da Cleópatra
República Digital
Respirar o Mesmo Ar
Ser Português (Ter que)
TM&RP
A Toca do Gato
Victum Sustinere
Viva Espanha


PTbloggers

Technorati


Tugir em português


Partido Socialista
Comissão Política
Concelhia de Lisboa



Cartazes 2004/5 Gente que Faz
2003




Forum Cidade
Estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa
quarta-feira, novembro 05, 2003
 
Parque Nações

Parque das Nações

O Parque das Nações foi para os seus “fundadores” um paradigma de planeamento urbanístico, importante num país em que nessa matéria se cometeram atrocidades e verdadeiros atentados.
Ao contrário do que fora aprovado na Assembleia da República e pelas Câmaras de Lisboa e Loures, a gestão urbana da área do Parque das Nações passou para a responsabilidade directa daqueles municípios. Foi em Setembro de 2002 que o actual Presidente da CML e a sua vereação aprovou a não constituição da Sociedade de Gestão Urbana, uma empresa na qual teriam assento os municípios de Lisboa e Loures, bem como a Parque Expo.
Esta decisão, na minha opinião, veio por em causa a solução mais adequada para garantir a gestão urbana da zona.
Veio por em causa porque estamos a falar de um local onde se paga muito bem para se ter a tão falada qualidade de vida.
Neste momento o Parque das Nações é um parque de obras em toda a sua extensão, onde um dos objectivos é fazer a maior quantidade de construção no mais curto espaço de tempo. E quem sofre com tudo isto são já os milhares de pessoas que vivem e trabalham nesta zona da cidade.
E o que se aprecia e se constata?
Trabalhos de construção civil todos os dias a todas as horas não havendo o mínimo respeito por ninguém.
Viaturas pesadas a circular por todo o lado, partindo tudo o que prejudique a sua passagem, quer sejam sinais de trânsito (não homologados), placas informativas, candeeiros, árvores, semáforos.
Destruição de espaços verdes para dar lugar a mais betão.
Ruas totalmente destruídas, passeios totalmente partidos.
Falta de lugares de estacionamento, sendo um caos autêntico nos dias em que os espectáculos acontecem quer sejam na Praça Sony, quer sejam no Pavilhão Multiusos ou ainda nas exposições temáticas levadas a efeito pela FIL.
Os estrangulamentos e o caos do trânsito para entrar e sair do Parque das Nações.
A escassez de transportes públicos.
A única escola construída está com excesso de alunos.
A falta de segurança.
A iluminação insuficiente em vários locais.
Mas a euforia do betão não chega aquilo que são algumas das necessidades básicas e anunciadas à população residente.
Onde está e para quando a construção de duas escolas básicas integradas e uma básica e jardim de infância?
Onde está e para quando o equipamento integrado de segurança social?
Onde está e para quando o Centro de Saúde?
Onde está e para quando a mobilidade interior do Parque das Nações a processar através do transporte público?
Tudo o que acabo de referir é conhecido por muita gente. Mas há uma sensação de um cúmplice pacto de silêncio, que junta Câmaras, Parque Expo e promotores imobiliários.
O tempo começa a ser escasso e é preciso coragem para atenuar alguns males que enferma esta zona da cidade.
A Câmara Municipal de Lisboa tem de assumir os seus poderes e encargos, em vez de ser mera recebedora de impostos.
José Rosa do Egipto
11/05/2003 12:51:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



This page is powered by Blogger. Some Text