Forum Cidade

Forum Cidade

Partido Socialista
António Costa

Definição e Objectivos
Empenhada na promoção da participação dos seus militantes e dos cidadãos em geral na vida e no futuro da cidade de Lisboa, a Comissão Política Concelhia de Lisboa (CPCL) do Partido Socialista decidiu criar e institucionalizar de forma permanente um espaço de debate político e social: o Forum Cidade. Contribuir para a construção, em termos programáticos, de uma alternativa de governo para a cidade de Lisboa e alargar a base de participação dos cidadãos na reflexão sobre a gestão da cidade, propondo iniciativas a desenvolver pelos autarcas socialistas numa lógica territorial adequada ao tecido social e urbano em análise são os dois grandes objectivos que o Forum Cidade se propõe prosseguir. O Forum Cidade será uma estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa, que deverá envolver militantes do PS e cidadãos independentes no compromisso de reflectir conjuntamente sobre as potencialidades e os problemas de Lisboa, tendo em vista a procura e a formulação de propostas que visem o desenvolvimento sustentável da cidade, a busca de soluções para questões inadiáveis ou até a tomada de posição em matérias que considere relevantes.
Forum Conclusões Conclusões dos grupos de trabalho do Forum Cidade apresentadas em Lisboa no dia 2005/05/03:
(documentos em pdf)

Conclusões (694 KB)
Qualidade Vida/Ambiente (296 KB)
Escola e Comunidade (177 KB)
Política Urbana (234 KB)
Desporto (241 KB)
Espaço Público (152 KB)
Segurança Rodoviária (258 KB)
Modelo Económico (480 KB)

Forum Conclusões
Digite o seu eMail para ser notificado de novos conteúdos no Forum Cidade!

powered by Bloglet


Arquivos

Julho 2003

Setembro 2003

Outubro 2003

Novembro 2003

Dezembro 2003

Janeiro 2004

Fevereiro 2004

Março 2004

Abril 2004

Maio 2004

Junho 2004

Julho 2004

Agosto 2004

Setembro 2004

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Março 2007

Abril 2007

Maio 2008

Junho 2008



Correio para:
forumcidade2@gmail.com





Outros WebSites

Partido Socialista

Comissão Política Concelhia de Lisboa


Grupo Parlamentar PS



Outros Blog's do PS

Outros Blog's sobre Lisboa
Diários de Lisboa
Imagens da Cidade
Jornal da Praceta
Lisboa abandonada
Lisboa a arder
Pelourinho da Lisboa
Viver Bem na Alta de Lisboa
Vizinhos

Outros Blog's
Abrangente
Adufe
Almocreve das Petas
Ânimo
Assembleia
Bioterra
Blogo Social Português
Blog sem nome
Bloguítica
O Carimbo
Causa Nossa
O Cheiro a torradas pela Manhã
Descrédito
Estrago da Nação
Forum Comunitário
Fumaças
Gang
Janela para o Rio
Jaquinzinhos
O Jumento
Mar Salgado
Minisciente
O País Relativo
A Pantera Cor de Rosa
Pessoal in Transmissível
À Procura da Cleópatra
República Digital
Respirar o Mesmo Ar
Ser Português (Ter que)
TM&RP
A Toca do Gato
Victum Sustinere
Viva Espanha


PTbloggers

Technorati


Tugir em português


Partido Socialista
Comissão Política
Concelhia de Lisboa



Cartazes 2004/5 Gente que Faz
2003




Forum Cidade
Estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa
quarta-feira, janeiro 07, 2004
 
Lisboa-Alfama

[004/2004]
Uma mão cheia de nada
outra de coisa nenhuma


Quando pensei no texto que iria escrever, não pude deixar de constatar a coincidência de o fazer no mesmo dia em que passam dois anos sobre a tomada de posse de Pedro Santana Lopes como Presidente da Câmara Municipal de Lisboa. É inevitável pensar no que foi feito ou deixou de o ser, no que foi prometido e não foi cumprido.
No entanto, mais do que nessa comparação, fácil de fazer, diga-se, detive-me a reflectir sobre a forma como este facto ocorrido há dois anos se traduziu na vida dos lisboetas. E aí pensei imediatamente na circunstância de a actual Câmara ter posto termo ao protocolo de descentralização de competências que permitia às Juntas de Freguesia realizar pequenas obras de reparação em habitações particulares.
Mais do que justapor promessas e realizações, pensei nas pessoas, um pouco por toda a Lisboa, maioritariamente idosas e sozinhas, arrendatárias de casas velhas, degradadas, sem condições de habitabilidade, casas essas propriedade de senhorios descapitalizados e pobres eles próprios, e às quais a Câmara Municipal de Lisboa desde há dois anos nega a mínima possibilidade da realização de pequenas benfeitorias pelas Juntas de Freguesia.
A maior parte dos possíveis beneficiários destas obras não vai usar o Túnel do Marquês, não vai jogar no novo Casino, não vai assistir a um espectáculo no Parque Mayer, não irá a um concerto no Rock in Rio, mas também são cidadãos de Lisboa.
A Pedro Santana Lopes interessam as obras grandiosas, os marcos históricos, os empreendimentos de vulto com os quais julga deixará assinalada a sua passagem pelo poder, apagando as gaffes culturais cometidas ao longo do tempo.
Infelizmente os problemas dentro das casas não se vêem de fora, são pobrezas envergonhadas de muitos munícipes que se escondem do olhar de quem passa. A miséria encapotada, as pias de despejos e os saguões enegrecidos não brilham, ofuscam qualquer possibilidade de ficcionar uma metrópole desenvolvida da União Europeia.
Invocando o facto de se tratar de obras em casas particulares com dinheiros públicos, Pedro Santana Lopes decidiu pôr termo a este protocolo, sem mais. Esquecendo que quem beneficia com as ditas pequenas obras não são os proprietários, são os arrendatários que lá vivem.
Assim, termino como comecei, pensando naqueles que, neste dois anos, poderiam ter visto as suas casas um bocadinho melhoradas, naqueles que neste dois anos de Pedro Santana Lopes como Presidente da Câmara Municipal de Lisboa tiveram uma mão cheia de nada e outra de coisa nenhuma...
Sofia Oliveira Dias
1/07/2004 01:15:00 da manhã . - . Página inicial . - .



This page is powered by Blogger. Some Text