Forum Cidade

Forum Cidade

Partido Socialista
António Costa

Definição e Objectivos
Empenhada na promoção da participação dos seus militantes e dos cidadãos em geral na vida e no futuro da cidade de Lisboa, a Comissão Política Concelhia de Lisboa (CPCL) do Partido Socialista decidiu criar e institucionalizar de forma permanente um espaço de debate político e social: o Forum Cidade. Contribuir para a construção, em termos programáticos, de uma alternativa de governo para a cidade de Lisboa e alargar a base de participação dos cidadãos na reflexão sobre a gestão da cidade, propondo iniciativas a desenvolver pelos autarcas socialistas numa lógica territorial adequada ao tecido social e urbano em análise são os dois grandes objectivos que o Forum Cidade se propõe prosseguir. O Forum Cidade será uma estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa, que deverá envolver militantes do PS e cidadãos independentes no compromisso de reflectir conjuntamente sobre as potencialidades e os problemas de Lisboa, tendo em vista a procura e a formulação de propostas que visem o desenvolvimento sustentável da cidade, a busca de soluções para questões inadiáveis ou até a tomada de posição em matérias que considere relevantes.
Forum Conclusões Conclusões dos grupos de trabalho do Forum Cidade apresentadas em Lisboa no dia 2005/05/03:
(documentos em pdf)

Conclusões (694 KB)
Qualidade Vida/Ambiente (296 KB)
Escola e Comunidade (177 KB)
Política Urbana (234 KB)
Desporto (241 KB)
Espaço Público (152 KB)
Segurança Rodoviária (258 KB)
Modelo Económico (480 KB)

Forum Conclusões
Digite o seu eMail para ser notificado de novos conteúdos no Forum Cidade!

powered by Bloglet


Arquivos

Julho 2003

Setembro 2003

Outubro 2003

Novembro 2003

Dezembro 2003

Janeiro 2004

Fevereiro 2004

Março 2004

Abril 2004

Maio 2004

Junho 2004

Julho 2004

Agosto 2004

Setembro 2004

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Março 2007

Abril 2007

Maio 2008

Junho 2008



Correio para:
forumcidade2@gmail.com





Outros WebSites

Partido Socialista

Comissão Política Concelhia de Lisboa


Grupo Parlamentar PS



Outros Blog's do PS

Outros Blog's sobre Lisboa
Diários de Lisboa
Imagens da Cidade
Jornal da Praceta
Lisboa abandonada
Lisboa a arder
Pelourinho da Lisboa
Viver Bem na Alta de Lisboa
Vizinhos

Outros Blog's
Abrangente
Adufe
Almocreve das Petas
Ânimo
Assembleia
Bioterra
Blogo Social Português
Blog sem nome
Bloguítica
O Carimbo
Causa Nossa
O Cheiro a torradas pela Manhã
Descrédito
Estrago da Nação
Forum Comunitário
Fumaças
Gang
Janela para o Rio
Jaquinzinhos
O Jumento
Mar Salgado
Minisciente
O País Relativo
A Pantera Cor de Rosa
Pessoal in Transmissível
À Procura da Cleópatra
República Digital
Respirar o Mesmo Ar
Ser Português (Ter que)
TM&RP
A Toca do Gato
Victum Sustinere
Viva Espanha


PTbloggers

Technorati


Tugir em português


Partido Socialista
Comissão Política
Concelhia de Lisboa



Cartazes 2004/5 Gente que Faz
2003




Forum Cidade
Estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa
segunda-feira, março 01, 2004
 
Limoeiro

Um amor chamado Tejo

A cidade sempre teve uma forte ligação com o Tejo. Nele viu partir e chegar os bravos que deram novos mundos ao mundo. Local de lágrimas e sorrisos, o rio sempre foi uma das identidades máximas de Lisboa. Cidade que não se consegue conceber sem as águas do maior rio da península.
Com o passar dos anos, a ligação entre a terra, as suas pessoas, e o mar tem vindo a perder a intensidade de outras eras.
Os tempos mudaram e as direcções, de quem anda, alteraram, se bem que a margem líquida continuou onde sempre esteve. Outros pontos da cidade tornaram-se mais apelativos e o único poiso junto ao rio situava-se em Belém. Depois, à sombra da Ponte, as Docas piscou o olho aos lisboetas e o gosto de regressar para junto do rio cresceu. Em 1998, com a Expo, finalmente acabava um dos maiores atentados ambientais e paisagísticos da capital, e, aprendendo a lição da Exposição de Sevilha 92 (deixada ao abandono após a realização do evento às margens do Guadalquivir sem qualquer utilidade para as pessoas e para a cidade de Sevilha), Lisboa reconquistou um espaço das pessoas e do rio.
Chegados ao ano 2004, ainda sem o nosso Cais das Colunas e com uma zona pouco convidativa, para as pessoas se darem com o rio, importa, em breve, reavivar, mal terminem as obras da Praça do Comércio, toda a zona entre o Campo das Cebolas e o Cais do Sodré.
Lisboa e o Tejo precisam deste espaço para dar às pessoas a beleza que possuem.
Para uma breve passeata ao princípio ou ao fim do dia, para uma escapadela na hora de almoço e espairecer, para estar com os mais próximos, para os mais novos ou os mais velhos se distraírem, para ver o nascer ou o pôr do Sol, e como ele é inesquecível no Tejo, ou para, e tão simplesmente, estar.
O rio, na parte central da cidade, não pode continuar a ser um objecto que se mira somente a partir de belos miradouros. Ele sente-se, mas só junto dele.
Carlos Manuel Castro
3/01/2004 06:54:00 da manhã . - . Página inicial . - .



This page is powered by Blogger. Some Text