Forum Cidade

Forum Cidade

Partido Socialista
António Costa

Definição e Objectivos
Empenhada na promoção da participação dos seus militantes e dos cidadãos em geral na vida e no futuro da cidade de Lisboa, a Comissão Política Concelhia de Lisboa (CPCL) do Partido Socialista decidiu criar e institucionalizar de forma permanente um espaço de debate político e social: o Forum Cidade. Contribuir para a construção, em termos programáticos, de uma alternativa de governo para a cidade de Lisboa e alargar a base de participação dos cidadãos na reflexão sobre a gestão da cidade, propondo iniciativas a desenvolver pelos autarcas socialistas numa lógica territorial adequada ao tecido social e urbano em análise são os dois grandes objectivos que o Forum Cidade se propõe prosseguir. O Forum Cidade será uma estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa, que deverá envolver militantes do PS e cidadãos independentes no compromisso de reflectir conjuntamente sobre as potencialidades e os problemas de Lisboa, tendo em vista a procura e a formulação de propostas que visem o desenvolvimento sustentável da cidade, a busca de soluções para questões inadiáveis ou até a tomada de posição em matérias que considere relevantes.
Forum Conclusões Conclusões dos grupos de trabalho do Forum Cidade apresentadas em Lisboa no dia 2005/05/03:
(documentos em pdf)

Conclusões (694 KB)
Qualidade Vida/Ambiente (296 KB)
Escola e Comunidade (177 KB)
Política Urbana (234 KB)
Desporto (241 KB)
Espaço Público (152 KB)
Segurança Rodoviária (258 KB)
Modelo Económico (480 KB)

Forum Conclusões
Digite o seu eMail para ser notificado de novos conteúdos no Forum Cidade!

powered by Bloglet


Arquivos

Julho 2003

Setembro 2003

Outubro 2003

Novembro 2003

Dezembro 2003

Janeiro 2004

Fevereiro 2004

Março 2004

Abril 2004

Maio 2004

Junho 2004

Julho 2004

Agosto 2004

Setembro 2004

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Março 2007

Abril 2007

Maio 2008

Junho 2008



Correio para:
forumcidade2@gmail.com





Outros WebSites

Partido Socialista

Comissão Política Concelhia de Lisboa


Grupo Parlamentar PS



Outros Blog's do PS

Outros Blog's sobre Lisboa
Diários de Lisboa
Imagens da Cidade
Jornal da Praceta
Lisboa abandonada
Lisboa a arder
Pelourinho da Lisboa
Viver Bem na Alta de Lisboa
Vizinhos

Outros Blog's
Abrangente
Adufe
Almocreve das Petas
Ânimo
Assembleia
Bioterra
Blogo Social Português
Blog sem nome
Bloguítica
O Carimbo
Causa Nossa
O Cheiro a torradas pela Manhã
Descrédito
Estrago da Nação
Forum Comunitário
Fumaças
Gang
Janela para o Rio
Jaquinzinhos
O Jumento
Mar Salgado
Minisciente
O País Relativo
A Pantera Cor de Rosa
Pessoal in Transmissível
À Procura da Cleópatra
República Digital
Respirar o Mesmo Ar
Ser Português (Ter que)
TM&RP
A Toca do Gato
Victum Sustinere
Viva Espanha


PTbloggers

Technorati


Tugir em português


Partido Socialista
Comissão Política
Concelhia de Lisboa



Cartazes 2004/5 Gente que Faz
2003




Forum Cidade
Estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa
sexta-feira, abril 15, 2005
 
Lisboa vista do Tejo
[040/2005]
Um futuro para Lisboa

Lisboa está empobrecida: de valores, de ideias, de projectos, de organização, de trabalho. Lisboa, não está, decididamente, feliz.
Temos todos hoje consciência, mesmo aqueles que tinham então algumas legítimas dúvidas, da desorientação e do vazio que a actual equipa dirigente da Câmara Municipal de Lisboa trouxe a esta cidade. E até podemos aqui questionar o conceito de equipa, por oposição ao one-man-show de Pedro Santana Lopes, o que retirou ao executivo qualquer noção de colectivo, embora solidariamente responsáveis, numa clara secundarização dos restantes vereadores, ilustres desconhecidos para a maioria dos lisboetas (e utilizo "lisboetas" para designar quer os que vivem quer para os que a utilizam, em suma todos os que estão interessados numa melhor cidade). Por isso também se sucederam, ao longo deste mandato, um número significativo de abandonos e saídas dos inicialmente eleitos.
Acima de tudo o que fica é uma total ausência de coerência e respeito face aos compromissos assumidos para com o povo de Lisboa. Para além das promessas eleitorais, esmagadoramente não cumpridas, as tristemente famosas ?trapalhadas do Santana? deixam antever um futuro comprometido e uma situação financeira (a conhecida) deveras preocupante.
Ao contrário, Lisboa foi para Santana Lopes e Carmona Rodrigues (e não nos esqueçamos do "eu fico" de Paulo Portas), uma passagem, um momento, um trampolim para outros objectivos pessoais, para outros pretendidos "voos". Sempre de volta a Lisboa ... quando não houvesse qualquer outro projecto mais interessante!!!
Importante, portanto, mais do que nunca, pensar e falar do futuro. Do futuro que Lisboa merece. Porque Lisboa precisa e os lisboetas desejam que lhes seja devolvida a capacidade e o prazer de sonhar.
Por isso, na sua essência, um projecto vencedor deve privilegiar:
A apresentação de uma VISÂO e de uma IDEIA para a cidade. Lisboa tem que assumir de novo o seu papel e importância enquanto capital europeia, relevando a sua natureza e riqueza particular, a força da sua história, o seu carácter cosmopolita, multicultural e prazenteiro.
Lisboa tem de assumir os VALORES essenciais da democracia, da cidadania e da solidariedade. Tem de ter uma ?alma? e voltar a estabelecer os laços afectivos com os Lisboetas, para que eles a possam sentir de novo como a sua cidade, que acarinham, que cuidam e de que se orgulham.
Lisboa tem de ter um PROJECTO, tem que focalizar o seu esforço na devolução da cidade aos lisboetas, de lhes criar o espaço para uma melhor habitabilidade, com condições de segurança, com uma rede eficaz de transportes enquadrada numa perspectiva metropolitana, com práticas de partilha solidária com os mais idosos e carenciados, apresentando alternativas ocupacionais, e com ambição e irreverência capaz de motivar e envolver os jovens, criando-lhes o desejo e a paixão da cidade.
Lisboa tem de ter uma LIDERANÇA capaz de gerir eficazmente uma estrutura complexa, numa perspectiva integradora e multidisciplinar, de uma forma organizada e transparente, desburocratizada, centrada na criação de soluções que ajudem os lisboetas a participar no projecto de reconstrução da sua cidade.
LISBOA precisa, portanto, de uma transformação cultural no sentido mais lato do termo, onde o verdadeiro protagonismo tem de ser deixado aos LISBOETAS.
Por isso, a escolha de Manuel Maria Carrilho para candidato à presidência da Câmara Municipal de Lisboa, me devolveu a esperança.
José Rodrigues
4/15/2005 12:18:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



This page is powered by Blogger. Some Text