Forum Cidade

Forum Cidade

Partido Socialista
António Costa

Definição e Objectivos
Empenhada na promoção da participação dos seus militantes e dos cidadãos em geral na vida e no futuro da cidade de Lisboa, a Comissão Política Concelhia de Lisboa (CPCL) do Partido Socialista decidiu criar e institucionalizar de forma permanente um espaço de debate político e social: o Forum Cidade. Contribuir para a construção, em termos programáticos, de uma alternativa de governo para a cidade de Lisboa e alargar a base de participação dos cidadãos na reflexão sobre a gestão da cidade, propondo iniciativas a desenvolver pelos autarcas socialistas numa lógica territorial adequada ao tecido social e urbano em análise são os dois grandes objectivos que o Forum Cidade se propõe prosseguir. O Forum Cidade será uma estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa, que deverá envolver militantes do PS e cidadãos independentes no compromisso de reflectir conjuntamente sobre as potencialidades e os problemas de Lisboa, tendo em vista a procura e a formulação de propostas que visem o desenvolvimento sustentável da cidade, a busca de soluções para questões inadiáveis ou até a tomada de posição em matérias que considere relevantes.
Forum Conclusões Conclusões dos grupos de trabalho do Forum Cidade apresentadas em Lisboa no dia 2005/05/03:
(documentos em pdf)

Conclusões (694 KB)
Qualidade Vida/Ambiente (296 KB)
Escola e Comunidade (177 KB)
Política Urbana (234 KB)
Desporto (241 KB)
Espaço Público (152 KB)
Segurança Rodoviária (258 KB)
Modelo Económico (480 KB)

Forum Conclusões
Digite o seu eMail para ser notificado de novos conteúdos no Forum Cidade!

powered by Bloglet


Arquivos

Julho 2003

Setembro 2003

Outubro 2003

Novembro 2003

Dezembro 2003

Janeiro 2004

Fevereiro 2004

Março 2004

Abril 2004

Maio 2004

Junho 2004

Julho 2004

Agosto 2004

Setembro 2004

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Março 2007

Abril 2007

Maio 2008

Junho 2008



Correio para:
forumcidade2@gmail.com





Outros WebSites

Partido Socialista

Comissão Política Concelhia de Lisboa


Grupo Parlamentar PS



Outros Blog's do PS

Outros Blog's sobre Lisboa
Diários de Lisboa
Imagens da Cidade
Jornal da Praceta
Lisboa abandonada
Lisboa a arder
Pelourinho da Lisboa
Viver Bem na Alta de Lisboa
Vizinhos

Outros Blog's
Abrangente
Adufe
Almocreve das Petas
Ânimo
Assembleia
Bioterra
Blogo Social Português
Blog sem nome
Bloguítica
O Carimbo
Causa Nossa
O Cheiro a torradas pela Manhã
Descrédito
Estrago da Nação
Forum Comunitário
Fumaças
Gang
Janela para o Rio
Jaquinzinhos
O Jumento
Mar Salgado
Minisciente
O País Relativo
A Pantera Cor de Rosa
Pessoal in Transmissível
À Procura da Cleópatra
República Digital
Respirar o Mesmo Ar
Ser Português (Ter que)
TM&RP
A Toca do Gato
Victum Sustinere
Viva Espanha


PTbloggers

Technorati


Tugir em português


Partido Socialista
Comissão Política
Concelhia de Lisboa



Cartazes 2004/5 Gente que Faz
2003




Forum Cidade
Estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa
terça-feira, maio 10, 2005
 
Padrão Descobertas - Lisboa
[066/2005]
Como melhorar muito a Gestão
da Câmara Municipal de Lisboa?


Um caso verídico: em 2004, para vender um jazigo em Lisboa, um munícipe teve que esperar mais de seis meses. Porquê? Segundo informação dos serviços (e não tenho nenhuma razão para duvidar, até porque testemunhei o empenho e o interesse dos trabalhadores envolvidos), aconteceu que, com a mudança de pessoas no executivo camarário, não havia quem na CML tivesse competências para assinar a correspondente autorização.
Serve este caso para ilustrar que a melhoria da Gestão Municipal tem que ser um compromisso pessoal de quem tem maiores responsabilidades - o exemplo vem de cima, sempre ouvi dizer.
Que mensagem é que se transmite a todos os homens e mulheres que trabalham na CML quando:
- um munícipe fica à espera seis meses por uma autorização e a Câmara nem sequer toma a iniciativa de informar das razões do atraso?
- se aceita que se possa prejudicar os interesses dos munícipes por questões formais, às quais estes são completamente alheios?
- se consegue demorar 6 meses para resolver uma questão de competências?
A mensagem é simples: "Os munícipes que se aguentem!"
Acontece que, no Século XXI, aquela mentalidade é inaceitável. Em democracia, quando os eleitos estão de facto ao serviço das populações, tem que haver uma cultura de responsabilidade e de diligência, tem que se generalizar uma atitude proactiva na resolução dos problemas, têm que se adoptar normas de qualidade que permitam cumprir prazos de resposta, têm que existir profissionalismo e métodos de organização do trabalho que previnam a paralisia das instituições quando muda fulano A ou B. Nada disto está fora do alcance das pessoas em geral, excepto se não houver vontade ? é uma questão de querer, de brio, de educação, numa palavra, de atitude.
Como resolver a situação (como mudar de mentalidade)?
Quando o problema começa nos dirigentes máximos de uma organização, só há uma solução: mudar de dirigentes. Nas empresas privadas, os accionistas normalmente encarregam-se disso antes de a empresa ir à falência.
Nos órgãos do Estado, são os eleitores que fazem de "accionistas", mas só é possível fazê-lo em determinados momentos (nas Câmaras, como o Presidente da República não pode despedir os executivos camarários a meio dos mandatos, é preciso esperar pelas eleições). Assim, espero que, nas próximas eleições autárquicas, os lisboetas afirmem de forma muito clara que é a Câmara que está ao serviço dos munícipes e não é ao contrário.
João Paulo Matos
P. S.:
A Capital é muitas vezes como que uma montra do País. Não consigo deixar de pensar que, em Lisboa, a actual necessidade de melhorar a gestão do executivo camarário é apenas uma nova encenação do que se passou com o Governo de Portugal quando lá estavam os actores que agora estão na Câmara.
5/10/2005 01:56:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)



This page is powered by Blogger. Some Text