Forum Cidade

Forum Cidade

Partido Socialista
António Costa

Definição e Objectivos
Empenhada na promoção da participação dos seus militantes e dos cidadãos em geral na vida e no futuro da cidade de Lisboa, a Comissão Política Concelhia de Lisboa (CPCL) do Partido Socialista decidiu criar e institucionalizar de forma permanente um espaço de debate político e social: o Forum Cidade. Contribuir para a construção, em termos programáticos, de uma alternativa de governo para a cidade de Lisboa e alargar a base de participação dos cidadãos na reflexão sobre a gestão da cidade, propondo iniciativas a desenvolver pelos autarcas socialistas numa lógica territorial adequada ao tecido social e urbano em análise são os dois grandes objectivos que o Forum Cidade se propõe prosseguir. O Forum Cidade será uma estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa, que deverá envolver militantes do PS e cidadãos independentes no compromisso de reflectir conjuntamente sobre as potencialidades e os problemas de Lisboa, tendo em vista a procura e a formulação de propostas que visem o desenvolvimento sustentável da cidade, a busca de soluções para questões inadiáveis ou até a tomada de posição em matérias que considere relevantes.
Forum Conclusões Conclusões dos grupos de trabalho do Forum Cidade apresentadas em Lisboa no dia 2005/05/03:
(documentos em pdf)

Conclusões (694 KB)
Qualidade Vida/Ambiente (296 KB)
Escola e Comunidade (177 KB)
Política Urbana (234 KB)
Desporto (241 KB)
Espaço Público (152 KB)
Segurança Rodoviária (258 KB)
Modelo Económico (480 KB)

Forum Conclusões
Digite o seu eMail para ser notificado de novos conteúdos no Forum Cidade!

powered by Bloglet


Arquivos

Julho 2003

Setembro 2003

Outubro 2003

Novembro 2003

Dezembro 2003

Janeiro 2004

Fevereiro 2004

Março 2004

Abril 2004

Maio 2004

Junho 2004

Julho 2004

Agosto 2004

Setembro 2004

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Março 2007

Abril 2007

Maio 2008

Junho 2008



Correio para:
forumcidade2@gmail.com





Outros WebSites

Partido Socialista

Comissão Política Concelhia de Lisboa


Grupo Parlamentar PS



Outros Blog's do PS

Outros Blog's sobre Lisboa
Diários de Lisboa
Imagens da Cidade
Jornal da Praceta
Lisboa abandonada
Lisboa a arder
Pelourinho da Lisboa
Viver Bem na Alta de Lisboa
Vizinhos

Outros Blog's
Abrangente
Adufe
Almocreve das Petas
Ânimo
Assembleia
Bioterra
Blogo Social Português
Blog sem nome
Bloguítica
O Carimbo
Causa Nossa
O Cheiro a torradas pela Manhã
Descrédito
Estrago da Nação
Forum Comunitário
Fumaças
Gang
Janela para o Rio
Jaquinzinhos
O Jumento
Mar Salgado
Minisciente
O País Relativo
A Pantera Cor de Rosa
Pessoal in Transmissível
À Procura da Cleópatra
República Digital
Respirar o Mesmo Ar
Ser Português (Ter que)
TM&RP
A Toca do Gato
Victum Sustinere
Viva Espanha


PTbloggers

Technorati


Tugir em português


Partido Socialista
Comissão Política
Concelhia de Lisboa



Cartazes 2004/5 Gente que Faz
2003




Forum Cidade
Estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa
sexta-feira, setembro 09, 2005
 
INEM
[110/2005]
Uma Lisboa mais Segura!

A opção que se apresenta perante os lisboetas é clara: Há uma escolha a fazer - Continuidade ou mudança! Passado ou futuro! Resignação ou esperança!
Se entendem que, nos últimos 4 anos, Lisboa melhorou no trânsito, no estacionamento, na segurança, na higiene, nos espaços verdes, devem optar pela continuidade e pelo voto no PSD e em Carmona Rodrigues.
Se, ao contrário, entendem que a cidade não melhorou devem optar por Mudar Lisboa. E Lisboa só muda através do voto no PS e em Manuel Maria Carrilho.
Só existem, verdadeiramente, duas escolhas para liderar Lisboa: Ou o PS ou o PSD.
Apresentamo-nos aos lisboetas com propostas claras. Propostas de rigor e exigência. Mas também de trabalho, de vontade, energia e ambição para mudar Lisboa. Apresentamo-nos aos lisboetas com um líder que faz aquilo que diz - como já demonstrou no Ministério da Cultura. Que concretiza. Não prometemos milagres mas temos a certeza que é possível fazer melhor.
Também no domínio da segurança a opção é clara: Quem acha que Lisboa está mais segura, que pode continuar sem o número adequado de bombeiros e de polícias, sem as esquadras necessárias, sem um quartel na Alta de Lisboa, sem um adequado planeamento, deve optar pela continuidade. Se também aqui os lisboetas acreditarem que é possível mudar para melhor devem apostar no PS ? pois, para nós, este tema está na primeira linha da construção de uma alternativa política para mudar Lisboa.
A perspectiva que defendemos é a de que, a par do reforço substancial do trabalho social integrado, a Câmara pode contribuir para prevenir a criminalidade e deve apostar decisivamente numa política de protecção e socorro.

Em 1.º lugar, importará envolver todas as entidades, públicas e privadas, no objectivo permanente de criar uma Lisboa mais segura, em todas as vertentes. Nesta linha de rumo, iremos:
a) Dinamizar o Conselho Municipal de Segurança;
b) Criar os Conselhos Distritais de Segurança (ao nível dos "Distritos Urbanos");
c) Criar as Unidades Locais de Segurança (em cada Freguesia); e,
d) Definiremos com cada um destes órgãos os objectivos a atingir através da assinatura de Contratos para uma Lisboa mais Segura.
Com Manuel Maria Carrilho nós assumimos objectivos e vamos concretizá-los. Ele sempre deu a cara. Não descobriu agora que tem de o fazer!

A utilização dos mais modernos meios tecnológicos de videovigilância é, nos nossos dias, um instrumento essencial a uma cultura de segurança moderna e eficaz. Do mesmo modo, o policiamento de proximidade é um outro grande pilar da aposta que tem de ser feita para tornar Lisboa mais segura. Dai que, para mudar Lisboa, vamos:
a) Implementar, em articulação com as forças e serviços de segurança e o Governo, a vídeo vigilância em zonas críticas;
b) Reorientar a acção operacional da Policia Municipal de modo a afectar a sua acção ao reforço do policiamento de proximidade nomeadamente, em articulação com a PSP, no que diz respeito aos Programas Idosos em Segurança, Escola Segura e Comércio Seguro;
c) Concretizar a construção de esquadras de proximidade a afectar à PSP ou à Policia Municipal nos seguintes locais: Rua das Açucenas (Ajuda), Rua Alfredo Bensaúde (Olivais), Ameixoeira, Bairro da Quinta da Bela Flor (Campolide) e Alto do Lumiar;
d) Criar mecanismos de integração dos idosos no apoio ao Programa Escola Segura (como por exemplo no auxílio ao atravessamento de passadeiras);
e) Melhorar a iluminação da cidade.

Nas áreas de intervenção do Regimento de Sapadores de Bombeiros e da Protecção Civil concretizaremos:
a) O lançamento de um novo quartel de bombeiros no Alto do Lumiar;
b) A dinamização de equipas especializadas em áreas como espeleologia, matérias perigosas, intervenção em espaços confinados, unidade cinotécnica, salvamentos em grandes edifícios e equipa de mergulho;
c) A reformulação, faseada, do parque de viaturas de socorro nomeadamente em termos de viaturas para apoio em grandes sinistros e para intervenção em zonas históricas;
d) Um incremento da organização das Brigadas de Apoio Local;
e) Um desenvolvimento da profissionalização dos mecanismos locais de protecção e socorro;
f) Um intensificar da consolidação da prevenção e análise de riscos e da elaboração de planos de emergência internos das diferentes instituições públicas e privadas que operam em Lisboa.

Ainda neste domínio, da protecção e socorro, estabeleceremos, com as Associações de Bombeiros Voluntários, entidades essenciais ao sistema de saúde dos lisboetas e ao reforço dos mecanismos de emergência e socorro, protocolos de cooperação de modo a apoiar a sua actividade corrente e, entre outros aspectos, a conferir aos voluntários:
a) Maior formação e operacionalidade;
b) Uma participação essencial na instituição de uma Unidade Municipal de Coordenação de Apoio Médico - de modo a conferir maior eficácia à prestação de serviços de apoio na área da saúde; e,
c) Melhores condições de operacionalidade nos seus quartéis.

Por último, em relação ao Governo procuraremos, numa lógica de parceria, ao mesmo tempo cooperante, reivindicativa e actuante, articular:
a) O recrutamento de mais bombeiros com vista a completar, faseadamente, o Quadro do Regimento de Sapadores;
b) A criação de um corpo próprio da Polícia Municipal com o objectivo de colmatar, faseadamente, as suas carências de efectivos e redefinir as suas missões e estatuto;
c) A celebração com o Ministério da Administração Interna de um Protocolo de Cooperação que permita dotar as forças policiais da cidade de mais e melhores meios e condições;
d) A construção de uma Divisão da PSP no Alto do Lumiar.

Estes 4 anos foram maus de mais! E de uma grande instabilidade e incompetência. É tempo de dizer: Chega de incompetência, chega de instabilidade! Nós temos objectivos, temos propostas, temos um líder determinado que já demonstrou que faz aquilo que diz. Ninguém pode hesitar. É tempo de mudar Lisboa. É tempo de partir para esta campanha com confiança, com optimismo, com energia e entusiasmo. Nós queremos e vamos mudar Lisboa!
Rui Paulo Figueiredo
Candidato a Vereador
9/09/2005 11:22:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



This page is powered by Blogger. Some Text