Forum Cidade

Forum Cidade

Partido Socialista
António Costa

Definição e Objectivos
Empenhada na promoção da participação dos seus militantes e dos cidadãos em geral na vida e no futuro da cidade de Lisboa, a Comissão Política Concelhia de Lisboa (CPCL) do Partido Socialista decidiu criar e institucionalizar de forma permanente um espaço de debate político e social: o Forum Cidade. Contribuir para a construção, em termos programáticos, de uma alternativa de governo para a cidade de Lisboa e alargar a base de participação dos cidadãos na reflexão sobre a gestão da cidade, propondo iniciativas a desenvolver pelos autarcas socialistas numa lógica territorial adequada ao tecido social e urbano em análise são os dois grandes objectivos que o Forum Cidade se propõe prosseguir. O Forum Cidade será uma estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa, que deverá envolver militantes do PS e cidadãos independentes no compromisso de reflectir conjuntamente sobre as potencialidades e os problemas de Lisboa, tendo em vista a procura e a formulação de propostas que visem o desenvolvimento sustentável da cidade, a busca de soluções para questões inadiáveis ou até a tomada de posição em matérias que considere relevantes.
Forum Conclusões Conclusões dos grupos de trabalho do Forum Cidade apresentadas em Lisboa no dia 2005/05/03:
(documentos em pdf)

Conclusões (694 KB)
Qualidade Vida/Ambiente (296 KB)
Escola e Comunidade (177 KB)
Política Urbana (234 KB)
Desporto (241 KB)
Espaço Público (152 KB)
Segurança Rodoviária (258 KB)
Modelo Económico (480 KB)

Forum Conclusões
Digite o seu eMail para ser notificado de novos conteúdos no Forum Cidade!

powered by Bloglet


Arquivos

Julho 2003

Setembro 2003

Outubro 2003

Novembro 2003

Dezembro 2003

Janeiro 2004

Fevereiro 2004

Março 2004

Abril 2004

Maio 2004

Junho 2004

Julho 2004

Agosto 2004

Setembro 2004

Outubro 2004

Novembro 2004

Dezembro 2004

Janeiro 2005

Março 2005

Abril 2005

Maio 2005

Junho 2005

Julho 2005

Agosto 2005

Setembro 2005

Outubro 2005

Março 2007

Abril 2007

Maio 2008

Junho 2008



Correio para:
forumcidade2@gmail.com





Outros WebSites

Partido Socialista

Comissão Política Concelhia de Lisboa


Grupo Parlamentar PS



Outros Blog's do PS

Outros Blog's sobre Lisboa
Diários de Lisboa
Imagens da Cidade
Jornal da Praceta
Lisboa abandonada
Lisboa a arder
Pelourinho da Lisboa
Viver Bem na Alta de Lisboa
Vizinhos

Outros Blog's
Abrangente
Adufe
Almocreve das Petas
Ânimo
Assembleia
Bioterra
Blogo Social Português
Blog sem nome
Bloguítica
O Carimbo
Causa Nossa
O Cheiro a torradas pela Manhã
Descrédito
Estrago da Nação
Forum Comunitário
Fumaças
Gang
Janela para o Rio
Jaquinzinhos
O Jumento
Mar Salgado
Minisciente
O País Relativo
A Pantera Cor de Rosa
Pessoal in Transmissível
À Procura da Cleópatra
República Digital
Respirar o Mesmo Ar
Ser Português (Ter que)
TM&RP
A Toca do Gato
Victum Sustinere
Viva Espanha


PTbloggers

Technorati


Tugir em português


Partido Socialista
Comissão Política
Concelhia de Lisboa



Cartazes 2004/5 Gente que Faz
2003




Forum Cidade
Estrutura informal da Comissão Política Concelhia de Lisboa
sexta-feira, outubro 07, 2005
 

[129/2005]
Nas vossas mãos

Foi gira a festa, pá! A festa da democracia que andou nas ruas até ao fim do dia de hoje.
A festa que tantas vezes trouxe as questões de quem não tem razões para festejar mas que ao tocar nos "senhores que vão para o poder" lhes pôde transmitir as suas dificuldades e lhes exigiu soluções para a marginalização a que estão votados.
Vimos, os que andámos na rua, que os apelos foram ouvidos. Aguardamos que agora, ao serem eleitos, se lembrem do que escutaram e impulsionem as soluções.
Foi uma festa, porque é sempre uma festa podermos livremente expressar o nosso sentir, porque é sempre uma festa podermos falar e ouvir.
Hoje o PS andou no Chiado onde teve a oportunidade de, ruidosa e em grande quantidade, passar a mensagem de que é preciso mudar o actual rumo da Cidade:
- Mudá-lo da paixão dos túneis para a da solidariedade;
- Mudá-lo da paixão dos grandes projectos de fachada para a da resolução dos problemas dos mais desfavorecidos;
- Mudá-lo da paixão dos holofotes para a da alegria e orgulho de se viver na Cidade Capital onde o bem-estar, o desenvolvimento sustentável e a tolerância da diversidade sejam objectivos dos próximos quatro anos.
No fim da festa da campanha, falta a verdadeira festa da democracia que só será possível com o voto de cada um de nós.
Um voto que determine a mudança. Um, não, os três votos que cada um de nós dispõe para que o PS seja o motor da mudança na Câmara Municipal, na Assembleia Municipal e nas Freguesias de Lisboa.
Luís Novaes Tito
10/07/2005 11:59:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (1)




 
Freguesias Lisboa
[128/2005]
Votar e fazer votar

Com o debate entre os concorrentes a Lisboa realizado na RTP a terminar o confronto das propostas, onde, afortunadamente, reinou o bom senso e a civilidade dos candidatos, os lisboetas tiveram a última oportunidade de perceber as diferenças avançadas para a gestão da cidade, nos próximos quatro anos.
Resta o dia de hoje para fazer chegar as mensagens finais de forma a incentivar os eleitores a irem às urnas no próximo Domingo.
A habitual descida do Chiado, marcada para as 16 horas, tem de ser uma acção de mobilização participada onde os alfacinhas percebam que existe uma mole imensa decidida a apostar num grande projecto de mudança para a Capital.
Mudança nos métodos, mudança na simplificação administrativa, mudança radical nas prioridades, mudança no posicionamento ambiental e na aposta dos valores humanos.
As últimas sondagens demonstram grande proximidade das intenções de voto e será necessário um esforço final decisivo para convencer os indecisos a votar.
Compete-nos agora, a cada um de nós, explicar aos que nos estão mais perto a importância do exercício da cidadania demonstrando-lhes que os programas não são iguais e que a Mudança para melhor, para os problemas dos lisboetas reside em expressar, em cada um dos três votos que teremos de assinalar no Domingo, a vontade de mudar com a marcação no quadrado em frente ao símbolo do Partido Socialista.
Temos de mudar a gestão camarária, a Assembleia Municipal que acompanhará de perto essa gestão e principalmente as Juntas de Freguesia que, por serem os instrumentos de poder mais próximos dos cidadãos, serão o instrumento fundamental da mudança que se propõe.
Ganha-se por um voto.
Pode-se Mudar com mais um voto.
Esse é o poder que agora está na mão de cada um de nós.
LNT
10/07/2005 01:40:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



quinta-feira, outubro 06, 2005
 
Diversas frreguesias

Diversas freguesias[127/2005]
Para Mudar Lisboa

No dia da República, a caminho da vitória não reflectida nas sondagens feitas através de telefones fixos na era dos telemóveis, Carrilho esteve hoje presente em conversas de campanha junto à doca de Belém. Entre duas Carlsberg, um punhado de programas de Campanha para as Freguesias de Lisboa, recheadas de caras mais ou menos representativas do verdadeiro poder local, fundo rosa choque, ao som de Vinicius, Creuza e Toquinho (com dedicatória do CMC a Irene).
A campanha, o cavaquear tranquilo da amizade que se sobrepõe à política e ao politicamente correcto.
Como as tainhas da doca, brilhantes no dorso revelado nas cambalhotas em cada salto sobre as amuradas do cais que lembram outras artes do contorcionismo.
E os vizinhos da mesa... enjoados da campanha.
Enjoados da política como devem estar os dos excursionistas dos dois paquetes que vimos zarpar da Rocha de Conde Óbidos.
Pois sim, meus caros.
Não votem, embarquem na abstenção e entreguem o ouro aos bandidos, que é como quem diz, deixem-se estar no respaldo e quando na noite de Domingo vos for imposto mais túnel, mais Mayer, mais do mais em que esta cidade capital se tornou, ide-vos queixar ao Totta (perdoe-se a publicidade).
LNT
10/06/2005 05:50:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



quarta-feira, outubro 05, 2005
 
Diversas Freguesias
[126/2005]
Desceram-se as colinas

De charanga, com protestos e aplausos, beijinhos e abraços. A campanha nas ruas de Alfama sempre enquadrada de casas embrulhadas em panos que dizem "aqui vai ser, aqui vai fazer-se". Muita gente desiludida, ferida, cansada.

A campanha no meio do comércio a caminho do Chile sempre enquadrada pelo trânsito caótico, pelos mendigos-pedintes, pelo lixo na rua.

A campanha no meio do caos entre os Anjos e o Martin Moniz sempre enquadrada pela droga, pela prostituição, pelos sem-abrigo, pelos passeios sem pedra, pelos buracos no chão.

- Olha o Carrilho, olha a Bárbara Guimarães e a Maria de Belém. Vejam lá, se forem para a Câmara lembrem-se de nós que estamos para aqui esquecidos. Vejam lá se não fazem como os outros!
- Lembraremos sim, dê cá um beijinho. Aceite esta rosa e no Domingo vá votar.


E a banda a tocar:
"lá vai Lisboa com seu arquinho e balão, com cantiguinhas na boca e amor no coração"
LNT
10/05/2005 03:23:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



terça-feira, outubro 04, 2005
 
Freguesias Lisboa
[125/2005]
A descida das colinas

É da praxe que, na última semana de campanha, as hostes socialistas desfilem em algumas colinas de Lisboa. Hoje descerão às 10 horas da manhã, partindo de Sapadores, a de Alfama e na parte da tarde, às 17 horas, não propriamente uma colina, mas a Rua Morais Soares e a Av. Almirante Reis. (poderei dizer que fazem parte da colina da Graça?)
Todos se recordarão que o primeiro cartaz de pré-campanha abusou claramente do trabalho gráfico e que, para além da aplanar a cidade no intuito de apresentar a Ponte 25 de Abril, acabou por trocar as tais sete colinas de que muitos falam mas que nunca identificam. Se a questão gráfica foi um apontamento geográfico da inventiva publicitária, já a identificação dos reais problemas dos que vivem nas colinas estão inventariados e aguardam que as equipas do PS tomem posse para os resolver. Aliás não é novidade, pois já João Soares resolveu o problema de muitas delas que, se tivessem continuado a ter o acompanhamento adequado na última vereação, poderiam hoje já não apresentar as graves insuficiências que urge de novo resolver.
Mas voltando à identificação das sete colinas de Lisboa, reconheço ter dúvidas sobre as suas designações e solicito ajuda para as esclarecer:
Há autores que referem: Castelo e Alfama, Graça, São Roque (Carmo e Bairro Alto), Santana (Torel), Ajuda, Prazeres e Belém. Outros identificam-nas como sendo do Castelo, Graça, Monte, Penha de França, S. Pedro de Alcântara, Santa Catarina e Estrela.
Fica a questão para quem poder melhor esclarecer. À vossa disposição está o eMail (coluna da esquerda) ou a caixa de comentários.
LNT
Em troca sugiro a leitura deste excelente documento sobre Lisboa.
10/04/2005 03:32:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (1)



segunda-feira, outubro 03, 2005
 
Corvo - Paula Rego
[124/2005]
Que faz correr Bárbara Guimarães?

É simples, como são simples todas as respostas que envolvem afectividade e coerência.
Bárbara é a mulher do Candidato do PS à Câmara Municipal de Lisboa. Envolveu-se na Campanha porque é normal que as pessoas se envolvam nos projectos daqueles com quem partilham a vida.
Em todo o Mundo se vê isso. Só em Portugal, melhor, só nestas eleições em Portugal, isso é encarado, por alguns, como algo negativo. Curioso, principalmente, porque os ataques mais cerrados vêm dos mais ferozes defensores da família e da sua coesão.
Os lisboetas sabem que o seu candidato é Manuel Maria Carrilho.
Bárbara Guimarães
Sabem-no de tal forma que o irão escolher para presidir a Capital nos próximos anos. Sabem que será ele que irá fazer executar as políticas que anunciou, assim como sabem que será ele quem liderará a sua equipa na condução das políticas que visam transformar Lisboa na cidade capital do desenvolvimento e bem-estar.
Sabem-no tão bem quanto sabem que Carrilho terá a seu lado uma estrutura familiar sólida e que Bárbara nunca os deixará ficar mal em qualquer representação da sua edilidade.
Quem acompanhou as últimas acções de campanha na rua viu que, para além de Carrilho, os lisboetas gostarão de ter Bárbara Guimarães a representar Lisboa.
Sem mais, porque todos gostamos de sentir o apoio das nossas famílias e pelo orgulho de por elas nos sentirmos apoiados nos actos públicos em que participamos.
Luís Novaes Tito
Também publicado no Blog Tugir em português.
10/03/2005 03:10:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (1)



domingo, outubro 02, 2005
 
Freguesias

[123/2005]
As Freguesias a caminho da Mudança em Lisboa.

É preciso estar lá para ver.
Com ou sem a muleta do Candidato à Câmara, as Freguesias de Lisboa acordam para a necessidade de mudar Lisboa.
Carrilho está onde pode, mas o trabalho que as Freguesias de Lisboa irão desenvolver não fica à espera da sua presença para ser divulgado.
É um frenesim de gente envolvida a explicar que muito se pode fazer para melhorar a qualidade nos locais onde vivemos e trabalhamos.
Aos poucos, os lisboetas vão percebendo que as Juntas de Freguesia não são só locais de passagem de certidões e que, mesmo estas, serão processadas de forma mais eficaz e com maior comodidade.
Constata-se que o PS aposta na modernização e nas novas formas de relacionamento com os fregueses. Aproxima-se o tempo da utilização das tecnologias para combate à burocratização e para utilização da Internet ao serviço do cidadão.
As Freguesias de Lisboa serão o primeiro passo para a simplificação dos processos administrativos, libertando os seus recursos para o planeamento e para o desempenho de actividades de maior interesse.
A resposta a estas propostas será dada por si no próximo Domingo.
Com o seu voto iremos melhorar a vida dos lisboetas.
LNT
10/02/2005 01:50:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



sábado, outubro 01, 2005
 
Benfica, Ajuda, Campo Grande e Assembleia Municipal
[122/2005]
Campanha para Mudar Lisboa em grande forma

A cada dia que passa os candidatos do Partido Socialista têm melhor acolhimento nas acções de rua que se intensificarão até à próxima sexta-feira.
Os alfacinhas já perceberam, há muito, que Lisboa tem de mudar.
À medida que vão conhecendo melhor os seus candidatos para as Juntas de Freguesia e para a Assembleia Municipal, apercebem-se que as propostas do PS/Lisboa são as mais exequíveis e as que mais garantem a melhoria da qualidade de vida em cada Freguesia.
Já não falta muito para que Lisboa mude, para melhor.
É preciso que se vote e se expresse essa vontade de mudança.
No dia 9 contribua para Mudar Lisboa.
Vote no Partido Socialista para a Câmara, para a Assembleia Municipal e para as Assembleias de Freguesia.
Só uma votação coerente poderá produzir os efeitos que todos ambicionamos, isto é, Mudar Lisboa, para melhor, claro está.
BFC
10/01/2005 05:54:00 da tarde . - . Página inicial . - . Comentários (0)




 
Corvo - Paula Rego
[121/2005]
Carrilho surpreende pela positiva.

No início era a ideia de pouca experiência de rua. Manuel Maria Carrilho, homem habituado à tribuna e ao trabalho de mesa parecia pouco talhado para o contacto pessoal.
Com o evoluir da campanha sentiu-se que estava a gostar do que fazia.
Depois da maratona por Lisboa, que hoje continua de manhã pela Boa Hora, Ajuda e às 11:30 Benfica (Café Nilo e Mercado), pela tarde no Campo Grande, Largo de Belém, Olivais e acaba no jantar nas docas de Santo Amaro, os problemas de Lisboa, das gentes de Lisboa, são-lhe já questões mais próximas.
Percebe-se, basta trocar algumas palavras com ele, que levará para a Câmara Municipal de Lisboa recordações de problemas para solucionar que ultrapassam as grandes linhas dos programas e da propaganda.
São úteis as acções de rua. Se todos os políticos e opinativos comentadores deixassem de quando em vez a sua comodidade e saíssem para tocar os problemas de todos os dias, certamente tudo seria diferente.
Se, por exemplo, José Sá Fernandes tivesse saído à rua, para as bandas das Amoreiras e escutasse o que milhares de pessoas dele disseram durante as intermináveis obras do túnel, talvez deixasse de andar a empatar tudo, inconsequentemente, como se pode constatar, e provavelmente dedicar-se-ia agora a projectos de evolução em vez de imobilização.
Esta última semana será decisiva. Lisboa tem de mudar. Tem de se tornar num centro cosmopolita onde nós, os residentes, os que aqui trabalham e os que nos visitam se sintam mais felizes e orgulhosos da capital de Portugal.
Luis Novaes Tito
Nota: Também publicado no Blog Tugir em português
10/01/2005 05:36:00 da manhã . - . Página inicial . - . Comentários (0)



This page is powered by Blogger. Some Text